Sexta, 12 de Julho de 2024
Publicidade

Alagoinhas: Mulher morre após parto na Maternidade Recém-Inaugurada; criança sobrevive

As acusações de negligência se somam a uma série de denúncias feitas por outros moradores de Alagoinhas, que relataram problemas semelhantes na unidade. Muitos destacam a falta de médicos especializados, alagamentos nas unidades, alimentação inadequada e a inexistência de equipamentos e medicamentos básicos.

06/07/2024 às 16h50 Atualizada em 06/07/2024 às 17h18
Por: Redação
Compartilhe:
Alagoinhas: Mulher morre após parto na Maternidade Recém-Inaugurada; criança sobrevive

O caso aconteceu na madrugada da última quinta-feira (4/7), na Recém-Inaugurado Hospital Materno Intanfil, em Alagoinhas.Tamara deu entrada na maternidade no dia 4 de julho. Segundo relatos da família, a jovem começou a sofrer uma intensa hemorragia logo após o parto. Os médicos presentes diagnosticaram a necessidade urgente de uma medicação específica para conter a hemorragia e estabilizar a paciente.

Continua após a publicidade

No entanto, essa medicação, essencial para salvar vidas em casos de hemorragia pós-parto, não estava disponível na maternidade. A ausência do medicamento agravou rapidamente a condição de Tamara, que evoluiu para um choque hipovolêmico. Sem a medicação adequada, o corpo da gestante não conseguiu se recuperar, resultando em uma parada cardíaca que, infelizmente, levou ao seu óbito.

Continua após a publicidade

A família de Tamara acusa a maternidade de negligência, apontando a falta de preparação e de insumos básicos como a principal causa da tragédia. "Como é possível inaugurar uma maternidade sem as condições mínimas de atendimento? Minha irmã não precisava ter morrido", desabafou uma familiar da vítima.

Continua após a publicidade

As acusações de negligência se somam a uma série de denúncias feitas por outros moradores de Alagoinhas, que relataram problemas semelhantes na unidade. Muitos destacam a falta de médicos especializados, alagamentos nas unidades, alimentação inadequada e a inexistência de equipamentos e medicamentos básicos.

A maternidade, inaugurada há menos de uma semana, foi apresentada como um grande avanço para a saúde pública local, prometendo atender às necessidades das gestantes da região com qualidade e segurança. Entramos em contato com a Secretaria de Comunicação do município mais até o momento não se manifestaram sobre o caso.

A criança recém nascida sobreviveu.

Fonte: Portal Alagoinhas News

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias